Você está aqui
Home > Fórmula 1 > F1: Declaração dos pilotos no segundo dia em Barcelona

F1: Declaração dos pilotos no segundo dia em Barcelona

Foto: A Toda Velocidade
Foto: A Toda Velocidade

Sebastian Vettel, Ferrari – 1º Tempo: Até o momento, o carro está fazendo aquilo que eu desejo. Agora é necessário que Kimi (Raikkonen) também tenha uma impressão similar. Trabalhamos em um monte coisas nestes dois dias, é um carro novo, o que significa que ainda temos um longo caminho.

Daniel Ricciardo, Red Bull – 2º Tempo: Após dois dias de testes, acredito que posso dizer que estou confiante com o que temos até agora. Em ambos os dias, tivemos apenas pequenos problemas, mas nada preocupante, o que é ótimo. Demos praticamente 200 voltas ao todo, por isso estou realmente feliz.

Sergio Pérez, Force India – 3º Tempo: O dia foi muito produtivo. Tenho que dizer que estou muito satisfeito com o meu primeiro dia no carro. Acho que há um grande potencial para tirar do VJM09. Conseguimos completar nosso programa que esperávamos para hoje.

Nico Rosberg, Mercedes – 4º Tempo: É ótimo conseguir quilometragem, e não tivemos nenhum problema, o que é muito gratificante. Já me sinto muito confortável no carro. É muito positivo ver todo mundo dando seu melhor em todas as áreas, trazendo novos desenvolvimentos, como o assoalho. Foi um ótimo começo de testes e mal posso esperar por voltar ao carro na quinta.

Marcus Ericsson, Sauber – 5º Tempo: Foi outro dia positivo. Pude dar muitas voltas, cumprimos o nosso programa. Pela manhã o foco era desenvolver a parte aerodinâmica, o que não é muito divertido para o piloto, mas importante para o time. Depois testamos outras opções de set-up. Estou satisfeito com os dois primeiros dias de testes, já estou focando em pilotar o C35 na próxima semana.

Esteban Gutiérrez, Haas – 6º Tempo: Foi bacana dar a primeira volta com a minha nova equipe. Após meses de trabalho em simulador, com análises, estratégias, foi muito especial estar no carro novamente. Agradeço a todos da equipe que fizeram muito esforço. Lógico que encontramos algumas dificuldades, mas conseguimos contornar bem.

Valtteri Bottas, Williams – 7º Tempo: Tudo ocorreu como planejado e demos muitas voltas, de modo que foi muito bom o dia. Estou muito satisfeito com o carro, porém não tenho ideia de onde estamos. O ponto principal é que melhoramos nos pontos fracos do ano passado.

Pascal Wehrlein, Manor – 8º Tempo: Tivemos um outro bom dia. Trabalhamos em vários acertos diferentes, isso me deu a oportunidade de conhecer ainda mais o carro. Focamos bem mais na consistência, isso quer dizer que ainda precisamos trabalhar os supermacios e os ultra-macios, ou seja, vem mais por aí!

Fernando Alonso, McLaren, 9º Tempo: Temos indo bem, mas o tempo de volta não é realista de onde estamos. Não mostramos nossas cartas, ainda estamos segurando. Precisamos esperar até a Austrália quando estaremos todos nas mesmas condições, com o pneu super macio, com pouco combustível, e então veremos quem será o melhor.

Jolyon Palmer, Renault – 10º Tempo: Tudo o que gostaríamos de fazer, fizemos. O carro esteve bem e rendeu um ótimo ponto de partida para a nossa evolução. Infelizmente, tivemos de parar mais cedo, mas meu balanço do dia é bastante positivo.

Max Verstappen, Toro Rosso – 11º Tempo: As primeiras voltas foram animadoras, por causa do novo motor. Foi legal descobrir e parecia bom logo de cara. Fizemos um bom número de voltas, o que é muito importante para a equipe e também para mim mesmo, para acostumar com o carro. Em geral, diria que foi um dia positivo.

Deixe uma resposta

Top