Você está aqui
Home > Destaques > Visconde vence os 300 km de Porsche Gup em Interlagos

Visconde vence os 300 km de Porsche Gup em Interlagos

Foto: Fernanda Freixosa
Foto: Fernanda Freixosa

A celebração da primeira década de existência da Porsche GT3 Cup Challenge foi apoteótica na noite deste último sábado em Interlagos. Após a definição do título da classe Cup, a primeira prova de endurance exclusiva para Porsches no Brasil foi vencida pela dupla Marcel Visconde-Pedro Queirolo com o Porsche #15.

Um dos remanescentes da primeira corrida da história do evento, em 2005, Visconde é o recordista de participações na Porsche GT3 Cup. Ele agora escreve seu nome na categoria como primeiro vencedor da prova de 300 km, ao lado de Pedro Queirolo, outro piloto regular da classe Cup e também vencedor de corrida na temporada 2015.

A segunda posição ficou com a dupla Marcelo Hahn-Allam Khodair, que fez sua estreia no evento com o Porsche #16 e liderou a parte inicial da corrida.

Os 300 km de São Paulo mesclaram ingredientes dos principais eventos internacionais de endurance: pilotos profissionais no grid, largada de dia e bandeirada à noite, agitação nas paradas de box, bandeiras amarelas embaralhando a tática, carros mais rápidos da classe Cup negociando ultrapassagens com competidores da Challenge e também algumas punições por erros nas regras dos pit-stops.

Os Porsches #88, da dupla Eduardo Azevedo e Franco Giaffone, e #52, de Beto Posses e Clemente Lunardi foram os primeiros a receber a bandeirada, nesta ordem. Mas, punidos com acréscimo de tempo, Azevedo-Giaffone subiram ao pódio em terceiro e Posses-Lunardi em quinto.

Com o Porsche #2, a dupla Marcio Basso-Nonô Figueiredo fez uma bela prova de recuperação. Largando na pole, o carro se envolveu num acidente na primeira curva e ainda teve que cumprir punição pelo episódio. De último galgou posições e, de noite, ultrapassou o líder para terminar na mesma volta em quarto lugar.  

Na classe Challenge  a vitória foi da dupla The Tonny-Allan Hellmeister com o Porsche #53. Eles dominaram amplamente a divisão desde a pole position. Chegaram a passar mais de uma hora dentro do top5 no geral e receberam a bandeirada uma volta à frente dos segundo colocados com o “997”, Rodrigo Mello e Tom Filho, a bordo do #19.

Entre terceiro e quinto lugares, também subiram ao pódio, nesta ordem, as duplas Zattar-Maluhy, Neto-Darakdjan e Arruda-Amaral.

Deixe uma resposta

Top