Você está aqui
Home > Destaques > Em Silverstone, Sérgio Sette estreou no Europeu de F-3

Em Silverstone, Sérgio Sette estreou no Europeu de F-3

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Silverstone, no coração da Inglaterra, um dos mais tradicionais autódromos do automobilismo mundial, recebeu neste fim de semana a rodada de abertura da F-3 Européia. O Campeonato terá nesta temporada o seu recorde de participantes com 36 inscritos e, dentre eles, o os brasileiros Sérgio Sette Câmara e Pietro Fittipaldi.

Pilotando pela equipe alemã, o brasileiro de 16 anos teve a sua primeira experiência com o técnico e seletivo traçado britânico, que conta com extensão de quase seis quilômetros. Junto aos engenheiros da equipe começou o trabalho de ajuste do carro que, mesmo sem atividades de pista, seguiu de forma intensa na quarta e quinta-feira.

Na sexta-feira (10) a pista foi oficialmente aberta para os treinos livres oficiais e as tomadas de tempo. Aprendendo bastante a cada entrada na pista Serginho conseguiu melhorar bastante as marcas estabelecidas no treino coletivo e seguiu confiante para as tomadas de tempos. Na primeira sessão, que definiu o grid da primeira corrida, o mineiro estabeleceu a marca de 1m52s446, o que lhe garantiu a 18ª posição do grid de largada. Na segunda classificação, que definiria o grid de largada para as outras duas provas, Sette Câmara não conseguiu o mesmo desempenho e, segundo ele, com o carro saindo bastante de frente, fez somente o tempo de 1m53s005 ficando assim com as posições 27 e 28 para as corridas dois e três.

O sábado foi reservado para as duas primeiras corridas. Pouco antes da primeira corrida, porém, uma fina chuva serviu para molhar todo o traçado e atrapalhar as estratégias dos times. Com a pista úmida, todos os pilotos largaram de pneus Slick. Sette Câmara, após uma largada positiva, conseguiu se manter no meio do pelotão e, diante de adversários bem mais velhos e experientes, se mostrou muito bem posicionado. Foi rápido, constante, superou dois adversários e ao final recebeu a bandeirada na 16ª posição. Na segunda corrida, após uma largada espetacular, Serginho ganhou nada menos que sete posições. Na freada para a curva dois, entretanto, uma batida logo a sua frente o obrigou a desviar rapidamente para não bater e, com isso, acabou sendo atingido em cheio por um concorrente. Com a suspensão traseira esquerda quebrada o piloto foi obrigado a abandonar a corrida.

Neste domingo, então, foi disputada a terceira corrida das 33 previstas para a temporada. Em mais uma boa largada Serginho ganhou duas posição e seguiu em ritmo forte. Volta a volta ele foi ganhando posições até que, nas últimas cinco voltas, travou um belo duelo pela 20ª posição. Ele ultrapassou os concorrentes mas, sem mais tempo de atacar outros adversários, recebeu a bandeirada no 20º posto.

“Posso dizer que foi um fim de semana de crescimento. Pelos tempos que fizemos nos testes coletivos e nos treinos livres, sinceramente, eu esperava ter terminado um pouco melhor. Porém, posso dizer que aprendi muito e, a nossa equipe também. Eles foram campeões alemães, mas, assim como eu, estão em sua primeira temporada no Europeu. Estou certo de que teremos uma temporada de grande crescimento e muitos resultados para comemorar”, comentou o piloto.

Deixe uma resposta

Top