Você está aqui
Home > Outras categorias > Endurance: Equipe brasileira supera problemas e conquista sétimo lugar na Pro Cup

Endurance: Equipe brasileira supera problemas e conquista sétimo lugar na Pro Cup

Foto: Luca Bassani
Foto: Luca Bassani

A primeira vez a gente nunca esquece e este final de semana vai ficar marcado na história do BMW Team Brasil. O time, comandado por Antonio Hermann e Washington Bezerra, disputou pela primeira vez a tradicional 24 Horas de Spa, quarta etapa da temporada 2015 do Blancpain Endurance Series, com os pilotos Cacá Bueno, Sérgio Jimenez e Felipe Fraga a bordo do BMW Z4 #77.

Após alguns problemas no classificatório, que deixaram a equipe em 42º no geral do grid e 22º na categoria Pro Cup, a equipe mostrou força e superação para cruzar a linha de chegada em 13º no geral e sétimo na Pro neste domingo (dia 26) no traçado de 7 km da pista belga. O resultado poderia ter sido ainda melhor, não fosse um problema elétrico na sexta hora da disputa. O time perdeu 13 voltas para os reparos.

Em uma corrida que começou com chuva e que teve acidentes, várias intervenções do Safety Car, bandeiras amarelas, neblina durante a noite, quebras e algumas surpresas, a vitória ficou com o trio Markus Palttala (Fin), Lucas Luhr (Ale) e Nick Catsburg (Hol), da equipe BMW Sports Trophy Team Marc VDS, após 536 voltas disputadas.

Partindo do final do grid, que contou com 57 carros na disputa, o BMW Team Brasil largou para as 24 Horas com Cacá Bueno a bordo do BMW Z4. Com um ritmo forte, Bueno chegou a estar em oitavo lugar no geral no primeiro stint da prova. Depois entraram Jimenez e Fraga, mantendo um bom ritmo, até acontecer o problema elétrico. Mesmo caindo para além da 30ª posição, a equipe se manteve forte na disputa, durante toda a noite, para cruzar a linha de chegada entre os 10 primeiros da Pro Cup.

Bueno, Jimenez e Fraga também terminaram como os melhores pilotos brasileiros na disputa. Bruno Senna, que correu pela equipe Von Ryan Racing, com uma McLaren 650 S GT3 ao lado do britânico Adrian Quaife-Hobbs e do português Alvaro Parente, ficou em 18º no geral. Augusto Farfus, que disputou a prova pelo BMW Sports Trophy Team Marc VDS com o alemão Dirk Werner e o belga Maxime Martin num BMW Z4, não completou as 24 Horas de Spa, após o carro quebrar com suspeita de um problema na transmissão.

“Foi bom. Não fosse esse problema elétrico na madrugada poderíamos ter chegado em quinto no geral, que era o nosso objetivo inicial antes dos problemas no classificatório. Quando paramos, perdemos uma meia hora nos boxes e isso chegou a mexer com o ânimo do time. Mas nos mantemos focados, porque o objetivo não era só terminar. Queríamos chegar entre os dez primeiros e, pelo menos na nossa categoria, conseguimos”, destacou o carioca Cacá Bueno, que largou e cruzou a linha de chegada para o time.

Jimenez, que disputou uma prova de 24 horas pela primeira vez em sua carreira, também elogiou todo o trabalho da equipe. “Estamos muito contentes com o resultado. Terminamos em 13º no geral e sétimo na categoria Pro, que é a principal do evento. Perdemos 13 voltas nos boxes, o que nos tirou o Top-5. Mesmo assim, a equipe fez um grande trabalho. Nosso carro não teve nenhum problema mecânico e terminar minha primeira 24 horas com este resultado me deixa muito feliz. Andei em dois momentos bem complicados, anoitecendo e amanhecendo, e estou muito contente com o meu desempenho e dos meus companheiros”, celebrou o piloto de Piedade, no interior de São Paulo.

Fraga também ficou feliz com a experiência. “Fiquei apaixonado pela corrida. Fiz um stint longo à noite e foi muito legal. Uma pena os problemas que nos tiraram do Top-5, mas mesmo assim estou muito feliz com o meu ritmo e por ter feito parte desta experiência”, avaliou o piloto de Palmas, no Tocantins.

Team Principal da equipe, Hermann – que inclusive venceu as 24 Horas de Spa em 1994 na categoria N – ficou satisfeito com a estreia do time no evento. “Acabar a primeira 24 horas é sempre muito importante e conseguimos terminar bem, o que é ótimo. Claro que poderia ter sido melhor, se não fosse o problema elétrico no carro, mas no geral deu tudo certo. Não tivemos nenhum problema maior, nenhuma batida, todos os pit stops foram ótimos e a equipe toda está de parabéns”, completou.

Está prevista a exibição de um compacto das 24 Horas de Spa no SporTV 3 nesta terça-feira (28), às 15h30 e às 21h30.

O próximo desafio da equipe brasileira será pela categoria Sprint Series no dia 6 de setembro, no Algarve (Por), onde também contará com a dupla Átila Abreu e Valdeno Brito. Pela série endurance, o time disputará no dia 20 de setembro a última etapa da temporada, em Nurburgring (Ale).

Deixe uma resposta

Top