Você está aqui
Home > Destaques > Equipe brasileira fatura 2 pódios em Brands Hatch (ING)

Equipe brasileira fatura 2 pódios em Brands Hatch (ING)

Foto: Tony Hermann
Foto: Tony Hermann

Um fim de semana de comemoração. Assim foi a participação do BMW Team Brasil em Brands Hatch (Ing), na segunda etapa do Blancpain Sprint Series. O time verde e amarelo conquistou, neste último domingo (10), dois pódios com dois segundos lugares para Valdeno Brito/Átila Abreu, do BMW Z4#77, e dois quartos lugares para o outro carro do elenco, o BMW Z4 #0, de Cacá Bueno/Sérgio Jimenez. A comemoração foi animada, no melhor estilo brasileiro, e teve direito a “parabéns a você” para Átila, que completou 28 anos e comemorou em grande estilo sua estreia no circuito inglês.

Agora o BMW Team Brasil está em segundo na classificação geral, com 71 pontos na Série Sprint. Na abertura da temporada, a escuderia já havia vencido e conquistado o pódio com o segundo lugar em Nogaro (Fra). A próxima etapa da Série Sprint será dia 7 de junho, em Zolder (Bel). Antes, o time participa das disputas da segunda etapa do Blancpain Endurance Series, em Silverstone (Ing), no dia 24 de maio.

Corrida Principal
A Corrida Principal foi emocionante. Para o elenco brasileiro, comandado por Antonio Hermann e Washington Bezerra, as boas notícias começaram antes da largada. Logo após a corrida 1, o Audi #2, de Enzo Ide/Christopher Mies, foi penalizado com o acréscimo de 30 segundos no tempo final de prova por irregularidades no pit stop. Com isso, Valdeno/Átila ficou com o segundo lugar, e Jimenez/Cacá herdou o quarto posto, posições de onde as duplas largaram para a corrida derradeira.

Os dois carros do time verde e amarelo fizeram boa largada e ditaram bom ritmo. Cacá, no carro #0, mesmo espremido entre dois rivais, assumiu o terceiro lugar. Átila se manteve em segundo. Mas a McLaren #55, de Kevin Estre, não facilitou e pressionou o carioca volta a volta na busca pelo terceiro posto. A ultrapassagem aconteceu na volta 8. Pouco depois, o McLaren #55 encostou no BMW Z4 #77, pressionando Átila. As investidas de Estre deram resultado na volta 14, quando ele superou o sorocabano.

O ritmo da corrida continuou forte, e no pit stop, o trabalho dos mecânicos brasileiros foi muito bom, e o time garantiu posições no box. Após a janela de parada, a equipe voltou à pista em quarto com o carro #77 e quinto com o BMW Z4 #0. Valdeno, no BMW #77, logo assumiu o terceiro lugar e tratou e manter um ritmo forte conquistar o P2. Jimenez, mesmo considerando que seu equipamento não tinha o melhor dos ritmos, levou o carro para a quarta posição. A vitória ficou com Robin Frijns/Laurens Vanthoor, do Audi #1, dupla que liderou o fim de semana, com dois primeiros lugares e a pole.

Corrida Classificatória
Na Corrida Classificatória, que abriu a segunda etapa, os brasileiros conquistaram o pódio com Valdeno Brito/Átila Abreu, do BMW Z4 #77, em segundo lugar. Sérgio Jimenez/Cacá Bueno, no BMW Z4 #0, ficou em quarto. Destaque novamente para o trabalho da equipe no pit stop, ganhando posições nos boxes. Foi uma prova de recuperação. Na primeira parte, o carro#77, de Valdeno, caiu para sexto, enquanto Jimenez, no #0, foi para sétimo, o que não impediu que o time brigasse por lugares melhores. A vitória foi para a dupla Robin Frijns/ Laurens Vanthoor do Audi #1.

A segunda parte foi mais movimentada, com muitas investidas de ultrapassagens. A 7 minutos para o encerramento da prova, a direção anunciou uma punição ao piloto Albert von Thurn und Taxis, da Lamborghini Gallardo #88, por ultrapassar o limite de velocidade nos boxes, e isso fez com que Átila, que estava em quarto, conquistasse o terceiro lugar, e Cacá pulasse de sexto para quinto. Após a corrida, o Audi #2, de Enzo Ide/Christopher Mies, que tinha terminado em segundo, foi penalizado com o acréscimo de 30 segundos no tempo final de prova, por irregularidades no pit stop. Com isso, Valdeno/Átila subiu para segundo, e Jimenez/Cacá herdou o quarto lugar.

Deixe uma resposta

Top