Você está aqui
Home > Outras categorias > F-E: Bruno Senna estreia em 13º e vê e.DAMS em “outra categoria”

F-E: Bruno Senna estreia em 13º e vê e.DAMS em “outra categoria”

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O que parecia um início promissor acabou transformando-se num resultado abaixo do esperado para Bruno Senna na abertura da segunda temporada da Fórmula E. O brasileiro da Mahindra Racing largou em 7º no E. Prix de Pequim, subiu para 5º nas primeiras voltas, mas depois não resistiu aos problemas e completou as 26 voltas na 13ª posição.

“Foi um começo complicado, mas o importante é que o potencial está lá. Meu carro nunca teve um balanço tão bom quanto neste fim de semana. O 3º lugar do Nick também é uma amostra de que deveremos brigar pelos pontos ao longo do campeonato”, analisou Bruno. Segundo ele, as dificuldades começaram com um problema na comunicação via rádio ainda nas primeiras voltas. “Só depois de algum tempo é que o rádio funcionou e pudemos acertar a estratégia”, explicou.

Bruno entrou nos boxes no meio da prova para a troca do carro e um erro de procedimento custou 15 segundos a mais que o normal. Na volta, por causa de um acidente, foi obrigado a andar dentro do limite de 50 km/h por uma volta inteira, perdendo a chance de voltar à zona de pontos. “Esse atraso comprometeu de vez a corrida, porque os pilotos que estavam em outros pontos da pista continuaram no ritmo normal.”

A Mahindra Racing deu sinais de crescimento agora com a retaguarda técnica da Campos Racing. Mesmo assim, também enfrentou uma dura jornada na capital chinesa. “Tivemos de substituir três baterias dos quatro carros. A carga de trabalho foi pesada e isso teve alguma infuência”, disse. Mesmo que tudo tivesse funcionado a contento, no entanto, Bruno reconheceu que bater a e.DAMS seria uma meta improvável. “Eles estão em outra categoria, tanto em eficiência como em ritmo de volta. O Buemi passeou e o Nico Prost, mesmo com a asa traseira toda torta, andava grudado no Di Grassi.”

O calendário voltará a ser movimentado dentro de duas semanas em Putrajaya, na Malásia. Antes, Bruno viajará ao México, onde desempenhará novamente as funções de analista técnico da tevê inglesa Sky Sports da Inglaterra na Fórmula 1 no próximo final de semana.

Deixe uma resposta

Top