Você está aqui
Home > F-Indy > F-Indy: Castroneves muda estratégia e vai ao pódio em New Orleans

F-Indy: Castroneves muda estratégia e vai ao pódio em New Orleans

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Helio Castroneves, da equipe Penske, foi ao pódio neste último domingo (12) com o 2º lugar no GP de Louisiana, disputado sob tempo instável no NOLA Motorsports Park. O resultado permitiu que o piloto brasileiro evoluísse de 4º para a vice-liderança do campeonato, agora com dez pontos de desvantagem para o colombiano Juan Pablo Montoya, que manteve a liderança conquistada em St. Pete.

As dificuldades da pista e a aproximação de nova zona de instabilidade foram o bastante para que a corrida fosse encerrada com 47 voltas – e sob bandeira amarela – em lugar das 76 inicialmente previstas. Foram ao todo 26 voltas com bandeira amarela em todo ou circuito ou 55,3% das voltas computadas.

“Vou ser honesto com você, é até difícil encontrar palavras para descrever como foi complicada essa corrida”, disse Castroneves, o 4º no grid em razão da classificação anterior do campeonato. Após completar a primeira volta em 3º e de liderar antes do primeiro pit, viu esse prenúncio de um bom resultado se transformar em sérios problemas na volta 21, quando perdeu parte do bico do carro em razão de uma manobra do italiano Francesco Dracone, então retardatário, na segunda relargada.

“Por causa do acidente, tive de fazer uma parada forçada e caí para 20º, mas já voltei para a pista com uma estratégia diferente, que acabou dando muito certo”, comemorou o piloto, que passou a adotar uma estratégia de pit stops antecipados (o terceiro e último foi na volta 29) e uma condução que priorizou a economia de pneus, razão pela qual conseguiu se manter na pista no último grande pit coletivo, o da volta 33.

“Diante de tudo o que aconteceu, saio de New Orleans muito feliz e orgulhoso da minha equipe. Tenho certeza que os problemas do circuito serão superados, pois os caras fizeram um trabalho incrível para trazer essa corrida para cá. Minha corrida poderia ter acabado naquela relargada, mas a gente nunca desiste. Mudamos a estratégia, sob a condução de Roger Penske, e tratamos de pegar os ‘limões’ que apareceram no caminho para fazer uma gostosa ‘limonada'”, completou o piloto, que no próximo domingo (19) estará em Long Beach para a terceira corrida da temporada.

Deixe uma resposta

Top