Você está aqui
Home > Destaques > Ecclestone admite que sente falta dos motores Cosworth

Ecclestone admite que sente falta dos motores Cosworth

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Bernie Ecclestone, presidente da FOM, reclamou do poder excessivo das fornecedoras de motores da Fórmula 1 e acredita que a categoria precisa de fornecedoras que lembrem a extinta Cosworth.

“Nós precisamos de uma Cosworth. É basicamente disso que precisamos. Seria a única maneira de começarmos uma equipe e termos a certeza de que teremos motores. Hoje, não temos isso”, lamentou o dirigente.

“Hoje em dia as fornecedoras de motor têm muito poder. Por exemplo, se você recebe motores Mercedes, é bom que acate sempre a opiniões deles, caso contrário corre o risco de ficar sem os motores”, disparou o britânico.

Mesmo assim Ecclestone garantiu que a Red Bull estará no grid na próxima temporada: “Tenho certeza que Dietrich Mateschitz (presidente da Red Bull e Toro Rosso) nunca perdeu o seu amor pela Fórmula 1. Ele apenas deseja ter um time competitivo. E isso vai acontecer o mais breve possível. Estamos fazendo todo o esforço necessário para solucionar este problema”, completou.

Deixe uma resposta

Top