Você está aqui
Home > Fórmula 1 > F1: Honda e Ferrari preferem adiar motor V6 Turbo 1000 HP para 2018

F1: Honda e Ferrari preferem adiar motor V6 Turbo 1000 HP para 2018

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

De acordo com o site “Autosport”, Yasuhisa Arai, presidente da Honda e Maurizio Arrivabene, chefe da Ferrari, apresentaram uma proposta de adiamento da introdução do motor V6 Turbo de 1000 HP para temporada 2018. Os dirigentes alegaram curto espaço de tempo além do corte de custos.

“Nenhuma montadora teria condições de construir o motor V6 Turbo de 1000 HP no prazo de 12 meses”, criticou o japonês. “Nada foi decidido por enquanto. Existem muitas discussões sobre outros temas no momento”, prosseguiu.

“As fabricantes precisam avaliar as opções em que temos no futuro e discutir sobre elas. E isso pode durar um longo tempo. O que seria viável essa proposta de adiamento”, afirmou Arai. “Estamos tendo conversas com sustentabilidade e estabilidade. Este é a minha opinião”, finalizou.

Quem concorda é o chefão da Ferrari, Maurizio Arrivabene: “A FIA veio com uma lista de coisas para fazer. Nós mudamos o enfoque da reunião, porque não é para dizer Turbo, mas sim ‘mono-turbo’ ou ao contrário. É preciso assimilar as casas sobre este assunto”, iniciou Arrivabane.

“Precisamos definir uma meta e essa meta precisa ser respeitada. Em seguida, temos que reunir os engenheiros e começar seguir em frente”, prosseguiu o chefão da Ferrari. “Você não pode projetar o motor de 2018 em três horas. Por outro lado acho que precisamos de mais tempo para projetar isso no futuro e definir os nossos objetivos”, finalizou.

A próxima reunião do Grupo de Estratégia está marcada no dia 15 de janeiro, em Genebra, na Suíça.

Deixe uma resposta

Top