Você está aqui
Home > Destaques > F1: “Não estamos na F1 para fazer número”, avisa chefão

F1: “Não estamos na F1 para fazer número”, avisa chefão

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Gunther Steiner, chefe da Haas, afirmou que a meta da equipe norte-americana é chegar com resultados expressivos em sua temporada de estréia na Fórmula 1. Em declaração ao “USA Today”, o dirigente destacou que não chegou na categoria para ser apenas mais uma escuderia, mas sim, mostrar resultado logo de cara.

“Não estamos aqui para ficarmos em último. Pode soar meio que arrogante, porém é a mais pura verdade: Não queremos apenas participar, ou seja, completar o grid. Não é essa a intenção nem do Gene (Haas), nem do time”, afirmou Steiner.

O dirigente aproveitou para elogiar o dono da equipe, Gene Haas: “Ele não quer ser um gênio ou ser o ‘sabidão’, mas ele quer resultado. Buscamos sempre deixar as coisas desnecessárias do lado de fora, queremos fazer o simples, para fazermos bem feito. Temos de seguir focados”, finalizou.

Deixe uma resposta

Top