Você está aqui
Home > Fórmula 1 > F1: Pirelli avalia como positivo testes coletivos em Abu Dhabi

F1: Pirelli avalia como positivo testes coletivos em Abu Dhabi

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O piloto da McLaren Stoffel Vandoorne foi o mais rápido ontem (1), no circuito de Yas Marina, ao final do teste de 12 horas organizado pela Pirelli. Esta sessão, em regime ‘non-stop’, teve sol durante todo o dia e temperaturas que variaram entre 24º C e 28º C (ambiente) e entre 35º C e 40º C (do asfalto), sendo as mais altas registradas em torno de meio-dia. Todos as equipes que disputaram a temporada 2015 participaram do teste.

A sessão começou com todos os pilotos dando algumas voltas com os pneus da temporada 2015, para conferir os acertos dos carros. Foram usados os P Zero Vermelho supermacio e P Zero Amarelo macio, os mesmos que haviam sido escolhidos para o GP de Abu Dhabi, no último domingo.

Após uma hora e meia do início da sessão, os carros passaram a usar os pneus protótipos (o novo composto ultramacio e os com novas construções, tanto dianteiros quanto traseiros). Vários tipos de compostos ultramacios foram testados e apenas um deles será escolhido para a temporada do próximo ano.

Nenhum pneu protótipo usado, nem o ultramacio e nem os com novas construções, tinham marcações de cor ou marca. Apenas os pneus já usados neste ano possuíam as cores e logomarcas pintadas em suas laterais.

Os testes foram às cegas: os pilotos e suas equipes não sabiam quais eram as especificações dos pneus que estavam testando. Durante o dia, as equipes não tinham permissão para experimentar novos itens ou alterar componentes de seus carros, mantendo o foco na avaliação dos pneus. Com seu asfalto caracteristicamente liso, as temperaturas consistentes e uma grande variedade de tipos de curvas, Abu Dhabi foi um local perfeito para avaliar a maioria dos pontos-chaves sobre o comportamento dos pneus.

A sessão começou exatamente às 9h, horário local, e durou até as 21h, sem pausa para o almoço. Isso fez com que o teste de hoje fosse o mais longo de um único dia da história da Fórmula 1.

 

Deixe uma resposta

Top