Você está aqui
Home > Destaques > F1: Van de Garde achou estranho tratamento da Sauber

F1: Van de Garde achou estranho tratamento da Sauber

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Em declaração a revista “Formule 1”, Giedo van der Garde, admitiu que ficou bastante chateado por ter sido ignorado pelos funcionários da Sauber na Austrália. “Foi muito estranho. Entrei no motorhome e ninguém falou nada. Todas aquelas pessoas com quem eu havia trabalhado anteriormente me ignoraram. Ninguém olhava pra mim”, afirmou o piloto holandês.

“Fui até o Beat (diretor da equipe) e foi ele que entregou o macacão e disse apenas ‘toma’. Daí fui me vestir para fazer o molde do banco, mas os pedais estavam ajustados para o Ericsson. Nada podia ser mudado. Eles não ajustaram a espuma, não fizeram nada”, prosseguiu.

“Não posso afirmar o que a equipe disse para eles, mas, se eles forem inteligentes, vão reconhecer que só receberam seus salários por causa do nosso pagamento antecipado no ano passado”, disparou o piloto.

“Eu até entendo que eles estavam preocupados em perder seus empregos, mas acho que nós merecíamos um pouco de respeito. Só os engenheiros se comportaram normalmente, dizendo ‘se eu fosse tratado como você, também lutaria pelos meus direitos’. É legal quando você é respeitado, incluindo muitos pilotos e chefes de equipe”, completou.

Deixe uma resposta

Top