Você está aqui
Home > Destaques > Em Londrina, Giaffone ganha mais uma na Fórmula Truck

Em Londrina, Giaffone ganha mais uma na Fórmula Truck

Foto: Orlei Silva
Foto: Orlei Silva

Felipe Giaffone venceu a terceira etapa da Fórmula Truck, disputada neste domingo à tarde no Autódromo Ayrton Senna, em Londrina, e assumiu a vice-liderança da mais popular categoria do automobilismo da América do Sul.

O segundo lugar ficou na mão de Leandro Totti, que ainda continua sem vencer em Londrina, cidade onde mora. Para Totti, manter a liderança na classificação geral do Campeonato Brasileiro foi o ponto positivo. O negativo é que ele continuará a utilizar o restritor de potência no Autódromo Velopark, em Nova Santa Rita, Rio Grande do Sul, onde no dia 14 de junho será disputada a próxima etapa.

Totti (Volkswagen Constellation-MAN) manterá a perda de cerca de 70 cavalos com o restritor de potência de 74 milímetros – conforme prevê o regulamento ao líder do campeonato. O segundo colocado, agora Felipe Giaffone (Volkswagen Constellation-MAN), usará o de 76mm e terá algo em torno de 50 cavalos a menos, enquanto que Djalma Fogaça (Ford), perderá aproximadamente 30, pois é o terceiro.

“Vencer aqui em Londrina foi espetacular. O Totti fez excelente corrida vindo de lá do final. Quero agradecer a equipe, pois o caminhão está excelente. Vamos tentar manter esses resultados sem quebras e sem batidas”, disse Felipe.

Resultado da primeira fase da terceira etapa da Fórmula Truck:

1º) Felipe Giaffone (Volkswagen Constellation-MAN), RM Competições, 15 voltas em 24min44s708.
2º) Paulo Salustiano (Mercedes-Benz), ABF/Mercedes-Benz, a 4s100
3º) Leandro Totti (Volkswagen Constellation-MAN), RM Competições, a 10s180
4º) Diogo Pachenki (Mercedes-Benz), Copacol Racing Truck, a 13s096
5º) André Marques (MAN TGX), RM Competições, a 14s384
6º) Wellington Cirino (Mercedes-Benz), ABF/Mercedes-Benz, a 28s693
7º) Jaidson Zini (Iveco), Dakar Motorsport, a 38s565
8º) Raijan Mascarello (Ford), DF Racing Fans, a 44s524
9º) Adalberto Jardim (Volkswagen Constellation-MAN), RM Competições, a56s012
10º) Pedro Muffato (Scania), Muffatão, a 1min03s521
11º) Djalma Fogaça (Ford), DF Racing Fans, a 1min10s527
12º) Rogério Castro (Mercedes-Benz), ABF Racing Team, a 1min23s696
13º) Alex Fabiano (Volvo), Clay Truck Racing, a 1min39s263
14º) Gabriel Correa (Ford), Original Reis, a 1min40s493
15º) Luiz Lopes (Iveco), Lucar Motorsports, a 2 voltas
16º) Débora Rodrigues (Volkswagen Constellation -MAN), RM Competições, a 4 voltas
17º) Gustavo Magnabosco (Scania), Corinthians Motorsport, a 4 voltas
18º) Roberval Andrade (Scania), Corinthians Motorsport, a 7 voltas
19º) Beto Monteiro (Iveco), Lucar Motorsports, a 9 voltas
20º) David Muffato (Scania), Muffatão, a 9 voltas
21º) Régis Boessio (Volvo), Boessio Competições, a 9 voltas
22º) Fabiano Brito (Scania), Falsi & Falsi Racing, a 12 voltas

Melhor volta: Felipe Giaffone, 1min37s826, média de 115,7 km/h

Deixe uma resposta

Top