Você está aqui
Home > Outras categorias > GP2: Asfalto mais “amigo” anima André Negrão na Bélgica

GP2: Asfalto mais “amigo” anima André Negrão na Bélgica

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O asfalto pouco abrasivo e tolerante com os pneus do circuito de Spa-Francorchamps é a esperança de André Negrão para um rendimento superior ao das últimas etapas na retomada do calendário da Fórmula GP2 depois das três semanas de férias de verão. O GP da Bélgica marca o início da segunda metade das 11 etapas e renova as esperanças do brasileiro em voltar à zona de pontos. Os treinos livres e classificatórios serão realizados amanhã, com expectativa de tempo firme ao longo dos três dias da programação.

Negrão realizou o habitual reconhecimento da pista nesta quinta-feira. Em seguida, reuniu-se com os técnicos da Arden International para discutir o planejamento para os primeiros ensaios. Os carros da equipe inglesa vêm sofrendo com o acentuado desgaste de pneus, especialmente na parte final das provas.

“Estamos trabalhando bastante no acerto, principalmente nessa questão dos pneus. Nas últimas corridas, ficou impossível dirigir nas últimas voltas. Mas foi uma performance explicada em grande parte por um defeito no diferencial”, explicou.

Spa-Francorchamps é o traçado mais longo do campeonato, com pouco mais de sete quilômetros de comprimento. O grande número de curvas, grande parte delas de alta velocidade, faz de cada volta um enorme desafio para os pilotos.

“É uma pista muito prazerosa, da qual todos gostam, mas ao mesmo tempo é difícil acertar a volta inteira sem cometer um errinho. Para nós, que sofremos muito com o consumo dos pneus na Hungria, o asfalto aqui tende a ser mais favorável”, continuou Negrão.

Deixe uma resposta

Top