Você está aqui
Home > Fórmula 1 > Hamilton critica regulamento técnico para temporada 2018: “É uma droga”

Hamilton critica regulamento técnico para temporada 2018: “É uma droga”

Lewis Hamilton admitiu que não ficou satisfeito com a proposta de mudanças no regulamento técnico para o Mundial do próximo ano, já que em sua visão, não irá melhorar em nada o esporte.

Para 2018, as regras de motores sofrerão um ajuste, ou seja, cada carro poderá contar com apenas três unidades de potência, uma a menos em relação a este ano. Outra novidade será o halo, dispositivo que visa a segurança dos pilotos.

“Eu sinceramente não gostei da ideia de irmos para três motores. Isso é uma droga. Estamos sentindo falta de acelerar fundo na Fórmula 1”, afirmou Hamilton ao site da emissora ‘BBC‘. “Sei que parece negativo, mas, como um piloto, queremos carros rápidos, ágeis, onde podemos sempre atacar, em todas as voltas. Infelizmente não é o que temos no momento”, disparou o tetracampeão.

“Não acho que isso seja empolgante para as pessoas que estão assistindo. Se você olhar para as corridas mais empolgantes, especialmente quando chove, não temos essas limitações. E não acho que reduzir os motores ajude a ir nessa direção”, finalizou.

Top