Você está aqui
Home > Stock Car > In Loco – Stock Car: Serrinha sai de Curitiba em terceiro no campeonato (empatado com Cacá Bueno)

In Loco – Stock Car: Serrinha sai de Curitiba em terceiro no campeonato (empatado com Cacá Bueno)

Foto: Red Bull
Foto: Red Bull

Direto de Curitiba – Serrinha largou em sétimo e ganhou duas posições na primeira volta. Cinco passagens mais tarde, o paulista superou Átila Abreu para pular para a quarta colocação. Quando a prova teve continuidade, Serrinha manteve o terceiro lugar até a bandeirada final.

“O terceiro lugar, depois de largar em sétimo, foi um resultado muito bom. Consegui me posicionar bem na largada para ganhar duas posições e depois tinha um bom ritmo para atacar o Átila (Abreu) para pular para terceiro, com o problema do Thiago (Camilo).”, disse Daniel Serra.

“Na segunda corrida também tive um bom começo, ganhando posições. Estava em quarto, disputando com o Julio (Campos) e nas últimas cinco voltas o painel começou a acusar que estava com falta de combustível. Dali para frente, comecei a tirar o pé bem antes das curvas, para chegar até o final para não jogar fora os pontos, que me fizeram voltar de vez para a briga do campeonato, depois de um começo de ano em que somamos apenas um ponto nas duas primeiras etapas”, completou.

Já Laurens Vanthoor, que substituiu o pentacampeão, Cacá Bueno, não teve sorte. Logo no início da prova, o belga se viu forçado a ir para a fora da pista depois que Rubens Barrichello foi tocado por Ricardo Maurício e rodou a sua frente. Este foi apenas o primeiro problema que Vanthoor teria nas provas deste domingo.

“O fim de semana foi uma experiência diferente. Correr contra os melhores pilotos brasileiros, com um carro que eles conhecem muito bem, em um circuito que nunca tinha corrido, foi bastante interessante. Comecei a me entender mais com o carro ontem (sábado), durante a classificação. Hoje não foi como gostaria. Na largada, tive que desviar do (Rubens) Barrichello e perdi algumas posições, depois o Valdeno (Brito) me acertou, do nada, e caí para o último lugar. Consegui me recuperar ao longo da corrida, mas o capô acabou voando no meio da reta e aí já era”, lamentou o piloto belga.

Na segunda volta, Valdeno Brito, com quem o Vanthoor dividiu o carro na corrida de duplas na abertura da temporada, acertou o carro #91 no “S de Baixa”, fazendo com que o estrangeiro caísse para a última colocação. Vanthoor começou uma prova de recuperação, que seria interrompida quando o capô voou na reta, obrigando-o a fazer uma parada não programada, fazendo com que terminasse na 20ª colocação.

“Na segunda corrida, larguei do box e estava me recuperando, mas o capô se soltou, de novo, e estava com muito pouca visibilidade e, por segurança, achei melhor parar”, completou.

Deixe uma resposta

Top