Você está aqui
Home > Outras categorias > Porsche GT3 Cup terá novo traçado neste final de semana no Velo Città

Porsche GT3 Cup terá novo traçado neste final de semana no Velo Città

Foto: Carsten Horst
Foto: Carsten Horst

A pista de Mogi Guaçu recebeu uma nova alternativa de traçado, com um S de alta substituindo a antiga freada da curva 3. O desenho da curva, aliado ao fato de terminar em aclive, remete à mítica “Eau Rouge”, do circuito belga de Spa Francorchamps -um dos trechos mais míticos do calendário da F1.

Nesta última quinta-feira (16), com a realização da clínica de pilotagem e dos treinos opcionais, os pilotos da categoria já puderam acelerar seus Porsches no novo traçado. Os tempos estabelecidos pelos pilotos consultores da categoria desde o shakedown de quarta indicam a queda de até 6 segundos no tempo de volta, no comparativo com a última passagem da categoria pelo moderno circuito do interior paulista, em outubro de 2014.

“É uma curva muito rápida e com pouca visibilidade no fim. Como ela é em subida, você tem pontos cegos e realmente sente no corpo a diferença na elevação do terreno. É uma curva muito gostosa de fazer e muito desafiadora”, observou o bicampeão da Cup, Ricardo Baptista.

Piloto consultor da Porsche GT3 Cup Challenge e campeão da Stock Car em 2008, Max Wilson argumenta que o fato de a pista ter ficado mais rápida não necessariamente implica em mais pontos de ultrapassagem.

“Na verdade a reta do box mais longa aumenta a chance de ultrapassagem. Porém o circuito antigo tinha uma freada forte antes da curva 3, que agora não existe mais com a adoção do S. Então na média acho que temos menos pontos de ultrapassagem que anteriormente”, pontuou Max, para quem a categoria ganha muito, agora que tem duas opções de layout à disposição para competir no Velo Città.

“Eu particularmente gosto também do circuito anterior. Agora é mais legal ainda porque tem duas opções de traçado. Mais ainda: é muito bacana ter uma pista dentro de um cenário como este, numa fazenda. Já esse S novo, a ‘Eau Rouge brasileira’ é bastante desafiador. É uma curva rápida e cega, em que os pilotos precisam tomar bastante cuidado pois não dá para ver a saída. É uma curva gostosa de fazer. A curva da vitória também ficou muito mais rápida que a anterior.”

Entre os pilotos que foram à pista para os treinos opcionais novamente esteve o tricampeão mundial de F1 Nelson Piquet, com o carro #6 da classe Cup. Nas provas deste sábado, o bólido ficará a cargo de seu filho Pedro, 16, atual campeão da F3 Brasil.

A jornada deste final de semana marca o aniversário de 10 anos da Porsche GT3 Cup Challenge Brasil. Exatamente há uma década, em 16 de abril de 2005, 12 carros alinharam em Interlagos para a primeira prova da história da categoria. Entre eles estava Marcel Visconde, que hoje ocupa a quinta posição no campeonato da Cup.

Deixe uma resposta

Top