Você está aqui
Home > Destaques > Prova mais importante do calendário do FARA terá oito brasileiros na equipe Ginetta

Prova mais importante do calendário do FARA terá oito brasileiros na equipe Ginetta

Foto: Rodrigo Ruiz
Foto: Rodrigo Ruiz

A temporada 2015/2016 do FARA (Formula & Automobile Racing Association) começa neste fim de semana com o evento mais esperado do calendário no autódromo de Homestead (um dos mais importantes da Flórida). O evento de abertura será a tradicional Miami 500, corrida de gala do campeonato que reúne pilotos de diversas partes do mundo.

Três anos depois de “descoberta” pelos brasileiros graças ao pioneirismo do trio Alline Cipriani, Adolpho Rossi e Elias Azevedo (que subiu ao pódio com um modelo Lotus), a prova receberá neste ano oito pilotos do país somente na equipe Ginetta USA. Estima-se que outros cinco representantes do país participem da prova por outros times.

“Ficamos muito felizes com o sucesso que esta prova tem feito entre os pilotos brasileiros, e é sempre bom ver rostos conhecidos por aqui”, disse Adolpho Rossi, criador do Team Ginetta USA e atual tricampeão do FARA. “A criação de nossa equipe na Flórida serviu de ponte para a chegada de muitos brasileiros, e hoje alguns deles seguem competindo por aqui, o que é muito gratificante”, acrescentou.

A equipe criada por Adolpho e Alline é uma das forças do FARA, e não por acaso segue cotada para a vitória no evento deste fim de semana. A atmosfera de competitividade do evento, e a possibilidade de confrontar alguns dos modelos mais velozes do mundo motivou o retorno de Elias Azevedo ao FARA. Parceiro do Team Ginetta USA em sua fase de criação, Elias dedicou-se apenas a competições no Brasil em 2015.

“A Miami 500 é uma prova especial, e pilotar os modelos Ginetta é sempre um grande prazer. Ao longo deste ano tive a oportunidade de competir na Porsche Cup brasileira, com um carro que possui um motor até mais potente. Mas o prazer de guiar um Ginetta é incrível, principalmente pela qualidade deste carro no contorno de curvas de alta, baixa ou média velocidades. Voltar a Homestead será uma experiência incrível”, acrescentou o piloto.

Rápida também no Brasil – Bicampeã do FARA com um Ginetta G40 da categoria MP-4A, Alline Cipriani passou a maior parte de sua carreira competindo nos EUA. Neste ano, de volta ao Brasil para as últimas três provas do Mercedes-Benz Challenge, ela mostrou que as lições aprendidas nas provas da Flórida foram bem aprendidas.

Na preliminar do GP Brasil de Fórmula 1, Alline permaneceu com o melhor tempo da pista para os modelos da categoria C 250 Cup durante seu stint de corrida, o que torna a piloto uma forte candidata ao pódio na prova de encerramento do torneio da Mercedes, marcada para o dia 13 de dezembro em Interlagos.

“Na minha formação como piloto procuro experimentar o maior número possível de carros e categorias. A vitória na Miami 500 é nosso principal foco neste período, que representaria o fim da temporada habitual, mas que no FARA é apenas o começo do calendário 2016. E, neste contexto, competir no Brasil foi extremamente importante. Aprendi algumas novas lições e espero estar ainda mais competitiva na prova deste fim de semana”, encerrou a piloto.

Os treinos livres e de classificação para a Miami 500 estão marcados para sábado. A corrida será no domingo, às 16h (de Brasília). Além do esquadrão de brasileiros, o Team Ginetta USA terá pilotos vindos do Reino Unido, Guatemala e Argentina.

Deixe uma resposta

Top