Você está aqui
Home > Outras categorias > Rally Estado de São Paulo brindou os melhores pilotos e navegadores da Copa do Brasil

Rally Estado de São Paulo brindou os melhores pilotos e navegadores da Copa do Brasil

Foto: Ney Evangelista
Foto: Ney Evangelista

E lá se foi mais um Rally Estado de São Paulo… Terminou neste sábado, a quarta edição do evento que apresentou de tudo um pouco. Foram dias de Sol e de chuva, com piso seco e molhado… Disputas que mais uma vez marcaram as carreiras dos pilotos e navegadores que estiveram presentes nesta competição. Foram três dias juntos e entre momentos descontração e de rivalidade plena, as 70 duplas presentes tiveram mais que um rali, foi um encontro de amigos (uma família do rali de regularidade).

Realizado nas cidades de Sorocaba e Pilar do Sul, o segundo e último dia de rali teve 134 quilômetros, e logo pela manhã, o Sol cedeu espaço para as nuvens fechadas que trouxeram mais um pouco de chuva (uma vez que também choveu durante a madrugada). Assim, o terreno que na sexta-feira estava seco, ficou molhado com direito a algumas poças d’água e lama. “Mas nada muito constante, havia terreno seco, e em algumas situações encontramos o chão mais molhado no meio dos eucaliptos. E como gostamos muito de prova com essas características, para nós o dia foi mais emocionante. O Rally Estado de São Paulo está aprovado”, disse o piloto mineiro, Bráulio Ferreira, que participou pela primeira vez do certame.

Nesta reta final, nos trechos que foram mais atingidos pela chuva, os braços dos pilotos foram exigidos devido os carros deslizarem bastante; era preciso mantê-los no curso certo e, consequentemente, as habilidades de concentração e rapidez dos navegadores também foram testadas, pois era preciso acertar constantemente o hodometro para não acontecer erros de roteiro. O percurso adentrou fazendas de plantações de eucaliptos, oferecendo total segurança à prova. Fizeram parte do trajeto as cidades de Alambari, Sarapui, Piedade, Salto do Pirapora, Votorantim e Alumínio.

Os vencedores do dia

Diversas são as premiações que cercam o encerramento do Rally Estado de São Paulo, a começar pela a etapa do dia. Desta forma, na categoria Máster os vencedores foram Otavio Enz e Allan Enz, seguidos por Rone Branco e Enedir da Silva Júnior, e Braulio Ferreira da Silva e Matheus Mazzei, na segunda e terceira posições, respectivamente.

Pela Graduado, os mais regulares foram Julio Cesar Bonotto e Deividi Nardi. Em segundo lugar ficaram Victor Pudell e Caio Boscolo, e em terceiro, Rafael Brochier Cardoso e Marcelo Almada Coelho Ritter.

Na Turismo, Alan Michael Gratt e Michael da Silveira Masson, ficaram na primeira colocação, com Orli Ademir Katzer e Gustavo Henrique Katzer, em segundo, e Paula Breves e Vilma Rafael Quintaes, em terceiro.

Ainda neste sábado, para quem pôde competir um único dia, houve as categorias Novatos e Amigos Rally. Sendo pela Novatos, o primeiro lugar de Fábio de Mello Aleixo Machado e Pedro Aleixo Machado, seguidos por Edson Althoff e Rodrigo Althoff, e Carlos Monaco e Fabiano de Godoy, em segundo e terceiro lugares, respectivamente.

E pela Amigos Rally, ganharam Igor Carvalho e Leonardo Borges Menarim, com Roberto Garcia Torrecillas e Rubens Vieira Pedro, na segunda posição.

278 quilômetros até o topo

Com médias de velocidades justas, muitas pedras, poeira e lama, os off-roaders enfrentaram um pouco de tudo nesses 278 quilômetros totais que, sem dúvidas, trouxeram o sentimento de satisfação e alegria para aqueles que conquistaram os primeiros lugares do certame. Assim, na classificação final do Rally Estado de São Paulo, na categoria Máster os campeões foram Rone Branco e Enedir da Silva Júnior que venceram o rali pela segunda vez, sendo que o navegador é tricampeão do Rally Estado de São Paulo. Atrás deles vieram Marnes Alexandre Floriani e Cristian Mueller, e Otávio Enz e Allan Enz, na terceira posição. “Simplesmente fantástico. Hoje a chuva ajudou e apimentou a disputa, que estava bem técnica”, comentou Otávio.

Pela Graduados, soltaram o grito da vitória a dupla Julio Cesar Bonotto e Deividi Nardi. O segundo lugar do pódio foi ocupado por Victor Pudell e Caio Boscolo, seguidos por José Carlos da Silva e Waldemberg Barros.

E na Turismo, os melhores foram Alan Michael Gratt e Michael da Silveira Masson. Já Renato de Almeida Silva e André Luiz Lenger foram os vice-campeões e Orli Ademir Katzer e Gustavo Henrique Katzer, ocuparam a terceira posição. “Essa foi uma prova diferente para nós, pois corremos em casa. O certame agradou, principalmente, por ter chovido um pouco. Esse vice significa nosso primeiro passo e agora brigaremos com as feras do rali pelo topo do pódio”, falou Silva.

Para vencer é preciso lutar e acreditar

Todas as duplas que fizeram parte da temporada 2015 da Copa do Brasil de Regularidade merecem aplausos. Foram centenas de quilômetros percorridos, dez cidades visitadas e diversos troféus levantados ao alto. Momentos de muitas alegrias e emoção no Enduro Brasil de Regularidade (março), no Rally Transcatarina (julho) e agora, no Rally Estado de São Paulo.

Pilotos e navegadores buscaram com afinco um título que poucos têm, mas que Rone Branco e Enedir Silva Júnior conquistaram pela segunda vez na categoria Máster. “Há dois anos corremos juntos, o que comprova que a dupla deu certo. Não tenho palavras, afinal, a concorrência sempre é muito grande . Vencer é extremamente difícil”, declarou Júnior, que é tricampeão da Copa do Brasil.

Os campeões pela Graduado foram Julio Cesar Bonotto e Deividi Nardi. “Vencemos duas provas importantes para chegar à esse título, e para isso, foi necessário muita concentração. A organização está de parabéns pelos eventos oferecidos. Estamos felizes”, salientou Bonotto.

E por fim, na Turismo, soltou o grito preso na garganta Alan Michael Gratt e Michael da Silva Masson.”Essa vitória foi uma grande surpresa, pois começamos no esporte no ano passado. Quando percebemos já estávamos entre os melhores da nossa categoria e oficializamos o nosso lugar por aqui”, disse Michael.

Encerrado mais um ano de competições… Agora, a SC Racing já faz planos para 2016, na certeza de que novidades virão. A organização agradece a todos os patrocinadores e apoios que por mais um ano, fizeram o sucesso deste evento.

Classificação – Segundo dia

Categoria Máster

1º Otavio Enz e Allan Enz, 100 pontos
2º Rone Branco e Enedir da Silva Júnior, 91 pontos
3º Braulio Ferreira da Silva e Matheus Mazzei, 90 pontos
4º Paulo Roberto de Goes e Jhonatan Ardigo, 89 pontos
5º Elvis Bonatti e Carlos Brandenburg, 87 pontos

Categoria Graduados

1º Julio Cesar Bonotto e Deividi Nardi, 97 pontos
2º Victor Pudell e Caio Boscolo, 89 pontos
3º Rafael Brochier Cardoso e Marcelo Almada Coelho Ritter, 88 pontos
4º Fernando Luis Possetti e Camilo Turcatto, 85 pontos
5º José Carlos da Silva e Waldemberg Barros, 85 pontos

Categoria Turismo

1º Alan Michael Gratt e Michael da Silveira Masson, 95 pontos
2º Orli Ademir Katzer e Gustavo Henrique Katzer, 79 pontos
3º Paula Breves e Vilma Rafael Quintaes, 78 pontos
4º Matias Grazziotin e Luciano Peruffo, 78 pontos
5º Tombo Vilsom Roberto Agudinho e Maurício Alcantara Gonçalves, 75 pontos

Categoria Novatos

1º Fábio de Mello Aleixo Machado e Pedro Aleixo Machado, 3.895 pontos perdidos
2º Edson Althoff e Rodrigo Althoff, 6.665 pontos perdidos
3º Carlos Monaco e Fabiano de Godoy, 47.057 pontos perdidos
4º Carlos Gustavo Moreira Cruz e João Francisco Cano Pagan, 64.487 pontos perdidos
5º Celso Caius Motta e Marlene Boehringer Motta, 80.209 pontos perdidos

Classificação final do 4º Rally Estado de São Paulo

Categoria Máster

1º Rone Branco e Enedir da Silva Júnior, 174 pontos
2º Marnes Alexandre Floriani e Cristian Mueller, 162 pontos
3º Otavio Enz e Allan Enz, 158 pontos
4º Braulio Ferreira da Silva e Matheus Mazzei, 157 pontos
5º Paulo Roberto de Goes e Jhonatan Ardigo, 155 pontos

Categoria Graduado

1º Julio Cesar Bonotto e Deividi Nardi, 171 pontos
2º Victor Pudell e Caio Boscolo, 160 pontos
3º José Carlos da Silva e Waldemberg Barros, 148 pontos
4º Rafael Brochier Cardoso e Marcelo Almada Coelho Ritter, 148 pontos
5º Luciano Wanzuit e Luiz Hamilton Krauss, 142 pontos

Categoria Turismo

1º Alan Michael Gratt e Michael da Silveira Masson, 174 pontos
2º Renato de Almeida Silva e André Luiz Lenger, 145 pontos
3º Orli Ademir Katzer e Gustavo Henrique Katzer, 141 pontos
4º Matias Grazziotin e Luciano Peruffo, 140 pontos
5º Guilherme Barbosa e Lisiane Homem, 136 pontos

Resultado final da Copa do Brasil de Regularidade 2015

Piloto

1º Rone Branco, 399 pontos
2º Marnes Alexandre Floriani, 350 pontos
3º Paulo Roberto de Goes, 341 pontos
4º Elvis Bonatti, 340 pontos
5º Leandro Pereira Moor, 320 pontos

Navegador

1º Enedir da Silva Júnior, 399 pontos
2º Rafain Walendowsky, 364 pontos
3º Cristian Mueller, 350 pontos
4º Jhonatan Ardigo, 341 pontos
5º Carlos Brandenburg, 340 pontos

Categoria Graduado

Piloto

1º Julio Cesar Bonotto, 377 pontos
2º Victor Pudell, 357 pontos
3º José Carlos da Silva, 321 pontos
4º Flavio Tentro, 319 pontos
5º Juares Jose Veloso Lacerda, 304 pontos

Navegador

1º Deividi Nardi, 377 pontos
2º Caio Boscolo, 357 pontos
3º Paulo Roberto de Oliveira, 304 pontos
4º Wesley Sari, 303 pontos
5º Marcelo Almada Coelho Ritter, 278 pontos

Categoria Turismo

Piloto

1º Alan Michael Gratt, 392 pontos
2º Renato de Almeida Silva, 348 pontos
3º Orli Ademir Katzer, 337 pontos
4º André Diniz Pereira, 301 pontos
5º Matias Grazziotin, 301 pontos

Navegador

1º Michael da Silveira Masson, 392 pontos
2º André Luiz Lenger, 348 pontos
3º Gustavo Henrique Katzer, 337 pontos
4º Maurício Alcantara Gonçalves, 308 pontos
5º Marcelo Antonio Detoni, 301 pontos

Deixe uma resposta

Top