Você está aqui
Home > Destaques > Sprint Series: Equipe brasileira aposta em bom desempenho em Algarve

Sprint Series: Equipe brasileira aposta em bom desempenho em Algarve

Foto: Tony Hermann
Foto: Tony Hermann

A quinta etapa da temporada 2015 do Blancpain Sprint Series, será realizada neste final de semana no autódromo internacional do Algarve, em Portimão (Por). Na equipe BMW Team Brasil o clima é de otimismo. Os pilotos e o elenco comandado por Antonio Hermann e Washington Bezerra evoluíram muito ao logo do ano, e esperam, novamente, apresentar bons resultados para somar o máximo de pontos na classificação do campeonato, em busca do título entre pilotos e equipes. No sábado (5) a Corrida Classificatória será mostrada ao vivo no SporTV2, às 10h15. E no domingo (6) o canal exibe um VT da Corrida Principal às 17h no SporTV3.

A corrida em Portugal pode ser considerada uma corrida em casa para o time verde e amarelo, afinal a sede da equipe fica no país, o que anima a todos e aumenta a vontade de vencer. A dupla do BMW Z4 #77, Valdeno Brito e Átila Abreu, quer manter o bom desempenho que vem tendo ao longo da temporada, até o momento foram quatro pódios conquistados e o terceiro lugar na tabela de classificação. Já no carro #0, de Cacá Bueno e Sérgio Jimenez, a dupla que mostrar sua evolução e reverter o resultado no Algarve na temporada de 2014, quando tinha tudo para ir ao pódio, mas teve um problema com o sistema de partida rápida (quick launch) no pit stop e concluíram a prova apenas em 14º.

Átila Abreu está com ótimas expectativas para a disputa no Algarve e diz que a luta por pontos e pelo campeonato é o mais importante. “Estamos muito animados para esta etapa em Portugal, o treino de pré-temporada foi neste circuito, então já conheço o traçado. Acho uma pista bem interessante, com retas longas e curvas rápidas e outras lentas, alguns pontos são favoráveis pra a BMW Z4 e outros não. O carro evoluiu e esperamos bons resultados. Correr “em casa” facilita muito, dá um incentivo a mais para conseguir os objetivos e brigar pela liderança. Quando entrei no Blancpain Sprint Series não tinha a intenção de disputar o título, mas mesmo não tendo feito a primeira etapa, conseguir quatro pódios e bons resultados, mudaram minhas previsões sobre o campeonato. Tudo isso é resultado da equipe e dos pilotos, a BMW evoluiu muito durante o ano e o mérito é todo do time”, considerou o sorocabano.

O paraibano Valdeno Brito está animado e confiante para esta etapa. “Acredito que vai ser interessante correr praticamente em casa, a equipe teve um bom treino no Algarve no começo do ano, apesar de não ter participado e não conhecer a pista. Mas pretendo usar as experiências dos meus colegas, assistir vídeos, analisar tudo e assim acelerar o meu processo de aprendizado da pista. Quero manter a média que tenho com o Átila, fazendo o nosso melhor corrida a corrida, e justamente porque focamos em cada prova, ainda não penso na final do campeonato. Estamos no caminho certo e a equipe tem capacidade de vencer, então vamos de etapa em etapa, e talvez na final, pensaremos se é necessário mudar a estratégia. O objetivo é sempre fazer o nosso melhor. Estou brigando pelo campeonato de pilotos, e uma vitória acabaria ajudando a somar mais pontos. Então penso nos dois, mas óbvio que o mais importante é campeonato de pilotos”, contou Brito.

O piloto do interior paulista comentou também sobre as expectativas para a disputa de pilotos e ainda sobre a tão esperada vitória brasileira. “A vantagem maior é de quem mantém uma regularidade, o campeonato é aberto. A equipe da Audi tem um carro completo com uma boa dupla, mas sabemos que tudo pode acontecer. Vamos continuar a fazer um bom trabalho como estamos fazendo, buscar por resultados e claro que sonhar com o título, já que consegui-lo seria a realização de um projeto, de um sonho. Mas, temos que focar em Portugal, sair de lá com um bom resultado, porque é uma corrida importante para diminuir a diferença de pontos para os líderes. A vitória 100% brasileira vem amadurecendo, mas não adianta ficarmos ansiosos pra vencer. Uma hora a vitória aparece. Por todo o trabalho e esforço, será super merecida”, enfatizou Átila, que ao lado de Valdeno, está em terceiro no campeonato, com 59 pontos, sendo 19 atrás da dupla líder Robin Frijns/ Laurens Vanthoor, que somam 78.

A expectativa é positiva também para o carioca Cacá Bueno. Em 2014, o carro andou bem por lá, além disso, o time voltou à pista no começo deste ano para os testes de pré-temporada, quando o piloto também guiou. E ele se anima em retornar ao local para buscar o primeiro pódio da dupla do BMW Z4 #0 na temporada 2015.

“Algarve é uma pista que, apesar de muitos problemas que tivemos por lá, andamos bem no ano passado. Além disso, foi lá que fizemos a pré-temporada neste ano e tivemos bons resultados. Também temos tido sucesso na maioria das pistas que já conhecemos. O circuito de Portimão é bom para gente, não é dos mais favoráveis, porque tem uma longa reta, mas em compensação tem curvas legais de alta velocidade onde o carro BMW se comporta bem. Eu e o Jimenez tivemos chances de ir ao pódio em várias etapas, mas infelizmente não aconteceu. Espero que agora possamos comemorar”, observou Bueno, que ocupa a sétima posição no campeonato, com 30 pontos.

O paulista de Piedade, Sérgio Jimenez, tem expectativas boas para a corrida e quer recuperar o máximo de pontos possíveis. “A equipe passa boa parte do ano na oficina que fica em Portugal, eles fizeram amigos e acaba se tornando realmente uma corrida “caseira” para nós, então podemos considerar que estamos correndo em casa. Minha expectativa para esta etapa é andar bem. Ano passado já fomos competitivos nesta pista e perdemos um pódio por problema elétrico, agora quero buscar esse pódio perdido. Para nós do carro #0 é importante é buscar o máximo de pontos que perdemos durante o ano por causa de acidentes. Com certeza estaríamos muito melhor no campeonato se não fosse isso”, disse o piloto do BMW Z4 #0.

Deixe uma resposta

Top