Você está aqui
Home > Stock Car > Stock Car: Átila e N. Piquet juntos na corrida de duplas

Stock Car: Átila e N. Piquet juntos na corrida de duplas

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Corrida de Duplas da Stock Car, que abre o calendário 2016 da principal categoria do automobilismo brasileiro no dia 6 de março em Curitiba, teve a confirmação de uma dupla que já fez história nesta prova de formato único. A Shell Racing anunciou que seu novo piloto para esta temporada, Átila Abreu, fará pelo terceiro ano seguido dupla com o atual campeão mundial da Formula E, Nelsinho Piquet.

A temporada 2016 será a quinta consecutiva da equipe Shell Racing na principal categoria do automobilismo brasileiro, o que reforça o envolvimento histórico da Shell com o motorsport, nacional e internacionalmente. Com forte tradição e relação com carros, a marca se identifica com as principais características do esporte a motor, como velocidade, alta tecnologia e performance.

Em 2015, Átila e Nelsinho se destacaram como os mais rápidos do grid ao conquistar a pole position para a única etapa do ano em que há revezamento de pilotos em plena corrida. Desde de 2014, correndo juntos, Átila e Nelsinho vêm reforçando este entrosamento.

“Além da grande experiência que o Nelsinho (Piquet) tem nas pistas, com mais de duas décadas de carreira, ele mostrou desde a primeira corrida, em 2014, que pegou a mão do carro da Stock Car de maneira muito rápida, o que sabemos ser algo bastante difícil, mesmo para aqueles que andam em diversas categorias. A maneira como ele conquistou o título da Fórmula E na última temporada é outro indicativo de que temos tudo para reeditar o sucesso da parceria na Corrida de Duplas do ano passado, quando conquistamos a pole, para agora buscar a vitória”, diz Átila, que foi o vencedor da última prova da Stock Car, disputada em dezembro, em Interlagos.

Em Curitiba, o sorocabano andará pela primeira vez com seu Chevrolet de número 51 com o vermelho e amarelo da Shell Racing – em 2016, não haverá testes de pré-temporada. Esta prova também será especial na carreira de Piquet, já que é a primeira corrida do atual campeão da Formula E no Brasil desde a conquista do título. A vinda de Nelsinho também representa a oportunidade inédita na história da Stock Car de ter em seu grid um campeão mundial de uma categoria internacional da FIA na temporada de vigência de seu título.

“Primeiramente queria agradecer o convite para mais um ano, o terceiro em parceria com o Átila. Já conheço o Átila há mais de 20 anos, desde a época do kart. Depois nos encontramos um pouco na Europa, eu na GP2 e ele na F-3 e F-BMW. Então a gente vem sempre se encontrando e com muita camaradagem fora das pistas. É um prazer fazer essa prova de duplas com ele e neste ano ainda com a novidade de uma equipe nova, que é um desafio muito motivador tanto para ele quanto para mim. Fico muito feliz em fazer parte deste time e espero contribuir da melhor maneira possível com o carro #51 mais uma vez”, diz Piquet.

O entrosamento dos dois pilotos na Corrida de Duplas foi destacado como um dos pontos importantes para lutar pela vitória em Curitiba, como explica Rodolpho Mattheis, chefe da equipe Shell Racing.

“Em uma prova como esta, em que os dois pilotos compartilham o mesmo carro, o bom entrosamento entre eles é fundamental, até para que os ajustes sejam adequados ao estilo de pilotar de cada um. Como o Átila e o Nelsinho farão a terceira prova seguida juntos, tenho certeza de que isso será um grande diferencial para começarmos bem desde os primeiros treinos e assim brigar pela vitória”, diz Rodolpho.

Deixe uma resposta

Top