Você está aqui
Home > Stock Car > Stock Car: Átila Abreu trabalha para ter carro “mais difícil de guiar” na Corrida do Milhão

Stock Car: Átila Abreu trabalha para ter carro “mais difícil de guiar” na Corrida do Milhão

Foto: Carsten Horst
Foto: Carsten Horst

Disputado na tarde desta sexta-feira (14) no Autódromo Internacional de Goiânia, o primeiro treino livre para a Corrida do Milhão apresentou a pilotos e equipe algumas das dificuldades que deverão enfrentar ao longo do fim de semana da prova, válida pela sétima etapa da temporada de 2015 da Stock Car. A alta temperatura na região central do país emoldura parte do desafio com que todos terão de lidar ao longo da programação.

“A pista estava muito quente, foi uma condição difícil, mas que nos antecipou diversos problemas que deveremos enfrentar na corrida”, observou Átila Abreu, piloto sorocabano que compete na Stock Car com o Chevrolet #51.

“Uma das coisas que preocupam é a temperatura do combustível. O combustível esquenta, e o carro começa a acusar falta. Tive essa dificuldade quando fui passar pneus novos no treino. Mas a lógica do treino é essa mesmo, a gente poder ver as dificuldades que vai encontrar na etapa. Considerando isso, foi um dia de um trabalho bom”, prosseguiu o sorocabano.

As dificuldades geradas pelo calor não constituem uma preocupação para Átila Abreu no que diz respeito ao treino classificatório deste sábado (15). “A tomada de tempos vai acontecer num dos momentos de maior temperatura no dia, mas você sai com tudo frio para poucas voltas. Hoje, por exemplo, eu tive essa dificuldade na última volta de um treino de 40 minutos – ou seja, pode ser uma preocupação para a corrida”, completou o piloto do Chevrolet #51.

Deixe uma resposta

Top