Você está aqui
Home > Stock Car > Stock Car: Hot Car volta ao palco de sua primeira vitória

Stock Car: Hot Car volta ao palco de sua primeira vitória

Foto: Vanderley Soares
Foto: Vanderley Soares

A pista de Santa Cruz do Sul (RS), que recebe a quinta etapa da Stock Car 2015, no próximo domingo (dia 28), vai ser sempre um local de destaque na carreira do chefe de equipe Amadeu Rodrigues, da Hot Car Competições. Foi no autódromo gaúcho de 3.530 metros que a equipe conquistou no ano passado sua primeira vitória na categoria.

O time ainda vem embalado pelo primeiro Top-10 do estreante Raphael Abbate, que foi o oitavo colocado na segunda corrida da etapa passada, em Curitiba (PR). O companheiro Fábio Fogaça também está animado para correr na pista gaúcha e espera iniciar sua recuperação no campeonato, já que o piloto foi vítima de alguns acidentes nas últimas corridas.

“Vencemos uma das provas, na etapa de setembro do ano passado, e andamos muito bem na etapa que aconteceu em Santa Cruz em abril, colocando os nossos dois carros entre os Top-10 na prova 1 e liderando quase até o final da corrida 2. Sem dúvida, é uma pista especial para a Hot Car e temos boas expectativas, pois nossos carros terão um acerto bom e vamos fazer de tudo para sair de lá com muitos pontos no campeonato”, comentou o chefe da equipe, Amadeu Rodrigues.

Abbate, que já venceu no traçado pelo Brasileiro de Turismo, onde foi vice-campeão em 2014, também está bastante animado. “A expectativa é a melhor do ano. Santa Cruz é uma pista onde sempre tive bons resultados e venci no ano passado pelo Brasileiro de Turismo. Além de estar vindo de um oitavo lugar em Curitiba, que foi muito importante para o campeonato. Então acho que Santa Cruz vai ser muito positivo. O carro está evoluindo, eu também estou evoluindo, agora é buscar pontuar cada vez mais pra subir no campeonato”, declarou o paulista.

O piloto, no entanto, destaca que é preciso sangue frio no desafiador traçado gaúcho. “É um circuito onde é preciso ter muita calma nas freadas, porque tem duas freadas em curvas onde é muito fácil o carro sair de traseira e rodar. É uma pista que tem um desgaste relativamente alto dos pneus, principalmente na dianteira, porque tem muitos S de alta, então vamos ter de fazer um set up que seja bom pra corrida, porque não adianta pensar só na classificação. Vai ser bastante desafiador e estou muito animado”, completou o piloto de 23 anos.

Fogaça também vive uma boa expectativa. Na Stock, o piloto só andou em Santa Cruz na temporada passada, mas já correu no circuito também pela categoria argentina Top Race. “Tive uma experiência muito boa correndo em Santa Cruz pela Top Race, quando larguei entre os sete primeiros numa das categorias mais fortes da Argentina”, lembrou. “Tenho certeza de que se tivermos um bom acerto no carro, vamos conseguir nos recuperar no campeonato e brigar por pontos”, concluiu o sorocabano.

Deixe uma resposta

Top