Você está aqui
Home > Destaques > Stock Car: Pole para Valdeno Brito; Drama para os líderes

Stock Car: Pole para Valdeno Brito; Drama para os líderes

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Um dos principais fatores preponderantes da zona sul paulistana, principalmente na região onde fica o Autódromo de Interlagos, deu as suas caras: a chuva chegou nos 15 minutos finais do treino classificatório para a última etapa da Stock Car e embaralhou o grid de largada para a corrida que tem início neste domingo (13) às 10 horas da manhã, com transmissão ao vivo pela Rede Globo.

A pole ficou com Valdeno Brito, da equipe Shell Racing, com o tempo de 1min38s992 – o único a baixar da casa de 1min39s e fazendo, de quebra, o melhor tempo do final de semana. Os ponteiros do campeonato largam bem atrás.

Com o grid embaralhado, adicionam-se grandes doses de drama na decisão do campeonato. Marcos Gomes, que precisa de um 13º lugar para ser campeão, larga da 27ª posição, enquanto Cacá Bueno, o vice-líder, larga uma posição adiante, em 26º. Líder e vice-líder terão de remar juntos para chegar à frente – um pesadelo, principalmente para Gomes, cuja estratégia declarada era aproveitar o bom desempenho demonstrado nos treinos classificatórios durante a temporada para largar o mais à frente possível e evitar confusões.

“Queria ter andado no seco, pois tínhamos um bom carro para estas condições. Mas não dá para negar que esta não é uma posição boa para o Cacá, porque se eu não pontuar ele tem que chegar em quarto. Sair em 26º e chegar lá na frente é difícil – óbvio que não é impossível porque tem questão de largada e estratégia de box -, mas está mais difícil para ele do que para mim”, afirmou um tranquilo Marcos Gomes.

Cacá Bueno resumiu bem a situação: “Complicadíssima”. “Em Curitiba eu bati na largada, meu carro desligou, caí para último e consegui chegar em 11º; Salvador no ano passado larguei em 24º e cheguei em segundo”, enumerou. “Então, são coisas que já aconteceram antes. O risco de acontecer alguma coisa aumentou muito tanto para mim como para o Marquinhos. Garanto que acho que ele preferia ver nós dois largando lá na frente. Complicou demais, pois os cinco primeiros do grid também são muito fortes, em equipes muito boas. Vou ter de contar com a sorte, com chuva, lama, raio, padre louco, safety car, qualquer coisa para que a corrida tenha alguma surpresa em só quarenta minutos. Não vou ficar de ‘mi-mi-mi’, vou tentar me recuperar fazendo a corrida mais brilhante da temporada. Foi um golpe duro, mas não vou baixar a cabeça”, avisou o pentacampeão.

Valdeno, que faz em Interlagos sua última corrida pela Shell Racing, estava no último grupo na pista antes da chuva começar a cair. O paraibano marcou 1min38s992, apenas 0s147 mais rápido que Átila Abreu, o segundo no grid. Sérgio Jimenez confirmou a boa fase demonstrada nos treinos livres e se classificou em terceiro, com Diego Nunes, Felipe Fraga, Vitor Genz, Luciano Burti, Gabriel Casagrande, Denis Navarro e Cesar Ramos fechando os dez primeiros do grid.

De saída para a RZ Motorsports, onde competirá em 2016, Valdeno disse que deseja fechar a temporada em grande estilo. “Última etapa, minha última corrida pelo time, despedida da equipe, e não poderia ser melhor com a pole position. O carro está maravilhoso e vamos tentar encerrar esse ciclo com chave de ouro”, afirmou Brito, que conquistou a pole position pela terceira vez na temporada.

A sessão chegou a ser interrompida a dez minutos do final com bandeira vermelha para que os pilotos que ainda teriam de entrar na pista (Rubens Barrichello, Ricardo Maurício, Julio Campos, Thiago Camilo, Max Wilson, Daniel Serra, Allam Khodair Cacá Bueno e Marcos Gomes) realizassem a troca para os pneus de chuva. A pista foi liberada depois de 15 minutos com o asfalto bastante encharcado, mas já sem chuva.

Entre os pilotos que andaram nestas condições, o mais rápido foi Rubens Barrichello com 1min47s608 na 25ª posição, no último grupo que foi à pista. Cacá, Marquinhos, Khodair, Serra, Ricardo Maurício, Thiago Camilo, Max Wilson e Júlio Campos fecharam o grid.

A largada acontece às 10 horas (de Brasília), com transmissão ao vivo pela Rede Globo, dentro do programa Esporte Espetacular, e também pelo SporTV.

Confira o Grid de Largada – Interlagos / São Paulo / Stock Car:

1-) 77 Valdeno Brito (Shell Racing) – 1min38s992
2-) 51 Átila Abreu (AMG Motorsport) – a 0s147
3-) 73 Sergio Jimenez (Axalta C2 Team) – a 0s411
4-) 70 Diego Nunes (Vogel Motorsport) – a 0s467
5-) 88 Felipe Fraga (Voxx Racing Team) – a 0s684
6-) 46 Vitor Genz (Boettger Competições) – a 0s685
7-) 14 Luciano Burti (RZ Motorsport) – a 0s754
8-) 83 Gabriel Casagrande (Axalta C2 Team) – a 0s811
9-) 5 Denis Navarro (Vogel Motorsport) – a 0s842
10-) 11 Cesar Ramos (Total Racing) – a 1s049
11-) 10 Ricardo Zonta (Shell Racing) – a 1s053
12-) 28 Galid Osman (Ipiranga-RCM) – a 1s074
13-) 110 Felipe Lapenna (Schin Racing Team) – a 1s292
14-) 1 Antonio Pizzonia (Prati-donaduzzi) – a 1s340
15-) 74 Popó Bueno (Total Racing) – a 1s488
16-) 26 Raphael Abbate (Hot Car Competições) – a 1s543
17-) 63 Nestor Girolami (Schin Racing Team) – a 1s569
18-) 42 Constantino Jr (AMG Motorsport) – a 1s729
19-) 66 Felipe Guimarães (Boettger Competições) – a 1s737
20-) 69 Beto Monteiro (Hot Car Competições) – a 1s763
21-) 25 Tuka Rocha (União Química Racing) – a 1s798
22-) 8 Rafael Suzuki (RZ Motorsport) – a 1s830
23-) 3 Bia Figueiredo (União Química Racing) – a 2s053
24-) 9 Gustavo Lima (ProGP) – a 2s556
25-) 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) – a 8s616
26-) 0 Cacá Bueno (Red Bull Racing) – a 8s852
27-) 80 Marcos Gomes (Voxx Racing Team) -a 9s040
28-) 100 Allam Khodair (Full Time Sports) – a 9s635
29-) 29 Daniel Serra (Red Bull Racing) – a 9s669
30-) 90 Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) – a 9s921
31-) 21 Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) – a 10s743
32-) 65 Max Wilson (Eurofarma RC) – a 10s976
33-) 4 Júlio Campos (Prati-donaduzzi) – a 11s637

Deixe uma resposta

Top