Você está aqui
Home > Destaques > Suzuki Off Road chega pela primeira vez em Tiradentes

Suzuki Off Road chega pela primeira vez em Tiradentes

Foto: Murilo Mattos
Foto: Murilo Mattos

Mais um novo roteiro estreia no calendário do Suzuki Off Road – o rali direcionado para os clientes da marca – que realiza sua terceira etapa da temporada 2015 no próximo dia 13 de junho. É a cidade de Tiradentes (MG), um dos centros históricos de arte barroca mais bem preservados do Brasil, patrimônio histórico nacional e famosa pelas atividades culturais, gastronômicas e esportivas.

No mesmo final de semana, a cidade realiza a Festa de Santo Antonio e o Festival Vinho e Jazz. Com tantos atrativos, aliados à tradição mineira em provas off road, a Suzuki escolheu esse roteiro visando proporcionar uma nova experiência para seus clientes.

O briefing geral da prova acontece na sexta feira (12/06). No sábado serão disputadas as provas, divididas nas categorias: Graduados, Turismo e Turismo Light no rali de regularidade, além da Extreme. Tiradentes também receberá o Jimny Day.

Vanessa Massaro, gerente de marketing da Suzuki, destaca a importância dos eventos no relacionamento com os clientes e a opção de buscar novos roteiros para seus ralis.

“O Suzuki Off Road e o Jimny Day são eventos criados como forma de manter uma relação de proximidade da marca com seus clientes. Ao longo desses cinco anos, desde a criação, os eventos vêm crescendo gradativamente. Como anunciamos no final do ano passado, em 2015 nosso plano é explorar novos lugares e surpreender os clientes com novas atrações. Tivemos uma ótima experiência na etapa passada, em Pomerode (SC), e acreditamos que os clientes vão adorar Tiradentes”, destaca.

No rali de regularidade, categoria Graduados e Turismo, os competidores terão 140 km de prova com duração de 4:00 horas. Na categoria Light, serão 100 km, com duração de 3:30 horas. O percurso passará por pequenos riachos, estradas de fazendas, subindo a 1200 metros de altitude. Seguirá pela vila de Emboabas, Paraiso da Piedade e trechos de reflorestamentos.

“Será uma prova muito agradável, com magníficos visuais do alto das montanhas. Andamos pela estrada onde existia a antiga ferrovia da região e incluímos no percurso a estação ferroviária desativada da vila de Prados. Para a categoria Light, vamos finalizar a prova pela montanha ao lado da cidade, onde temos a vista de Tiradentes”, adianta Alex Kolling, diretor de prova.

Deixe uma resposta

Top