Você está aqui
Home > Destaques > WEC: Derani considera 1ª experiência em Le Mans positiva

WEC: Derani considera 1ª experiência em Le Mans positiva

Foto: Clement Marin
Foto: Clement Marin

A chuva atrapalhou, mas o jovem brasileiro Pipo Derani considerou bastante positivo seu primeiro treino no circuito de Sarthe, palco da lendária 24 Horas de Le Mans, que marcará nos dias 13 e 14 a terceira etapa do FIA WEC (Campeonato Mundial de Endurance).

Derani esteve ao lado dos companheiros Ricardo Gonzalez e Gustavo Yacaman, dividindo a pilotagem do Ligier JS P2 #28, da equipe G-Drive Racing, no Prólogo neste último domingo (31). Foram dois treinos, com quatro horas de duração cada, para que pilotos e equipes iniciassem os preparativos para a prova.

No total, 64 carros estiveram na pista, divididos nas categorias LMP1, LMP2, LMGTE PRO e LMGTE AM. Os melhores tempos ficaram com a equipe Porsche Team, da categoria P1. Neel Jani virou o tempo de 3min21s945 na primeira sessão e Brendon Hartley anotou 3min21s061 no final do dia.

Derani e os companheiros, que disputam a LMP2, onde são líderes do campeonato, terminaram em nono na categoria. O melhor tempo do trio foi registrado em 3min47s058 no extenso traçado de 13,629 km.

“O tempo estava horrível e choveu praticamente o dia inteiro. O foco do nosso carro era completar as 10 voltas que os novatos são obrigados a fazer para serem liberados para correr. Como é a minha primeira vez aqui, assim como o Gustavo, tivemos que fazer esse mínimo de 10 voltas. Depois que tiramos isso da nossa frente, o Ricardo entrou na pista e ficou bastante tempo. Ele chegou a pegar um pouco de pista seca, mas a maior parte do tempo foi no molhado”, contou Derani, que aos 21 anos é um dos pilotos mais jovens no campeonato.

“No final do dia, eu voltei para o carro em condições muito difíceis, pois chovia bastante e a cada volta mudava muito a condição da pista. Isso porque ela é muito grande, então ficava muito imprevisível. Mas, no geral, a experiência foi ótima, pois se chover na corrida, já sabemos o que esperar”, completou o brasileiro.

Deixe uma resposta

Top